19/02/14

O meu Porto

O meu Porto é apressado, é cinzento, tem nevoeiro, tem abertas, tem cheiro a granito, nele há pessoas de alma grande, encontramos camélias, muitas camélias, e nele respiro e volto a respirar. 
Hoje precisei de estar no Porto e passei o dia dedicado a ele. Que saudades eu tinha do Porto. Vou ao Porto todas as semanas, mas estar no Porto um dia inteiro e ir ao Porto uma manhã, são coisas completamente diferentes. Adoro andar pelas ruas, música nos ouvidos, passo rápido, a olhar para todo o lado. Sim uma verdadeira turista ou uma criança num parque de diversões. Gosto de almoçar num sítio que adoro, seja ele típico ou internacional, gosto de uma boa conversa, gosto de encontrar pessoas que conheço sem contar, gosto que me perguntem quem sou, gosto de ver que a cidade cresce e está diferente, gosto de visitar as lojas de sempre, gosto de entrar nos cafés de sempre e gosto de praticar aquele desporto espectacular que é sentar-me num café e olhar pela janela e ver o Porto. 
Adoro ver as camélias no meu Porto. É nesta altura que o Porto é mais bonito, há sol, mas há ainda um frio e um cinzento do inverno que seguram a magia do Porto. Aí, vemos a perfeição com que as camélias japónicas (na sua maioria) rasgam o verde escuro das folhas e o cinzento do Porto com rosa. 



Hoje fiz tudo isto, tenho as pernas a doer, tenho o coração cheio e saudades do Porto. Li nas viagens até lá e na volta. Pensei em mim e em novos projectos. Que bem que me fez ir ao Porto! É nestas visitas e nestes dias que vejo o bem que me faz e sempre fez o Porto. Cada vez mais gosto dele, cada vez mais o tenho na pele. Porto é pele. 

kiss

M.

12/02/14

+ 1

Aquela vontade imensa de fazer outra tatuagem já amanhã.






kiss
M.

09/02/14

Receita: Lasanha de vegetais

Não sou a maior fã do programa Masterchef, mas gosto de ver e aprender. Adoro quando há aulas dadas por chefes convidados com ingredientes simples. Quando vejo uma receita que me agrada, tenho que experimentar. Como esta é vegetariana e me pareceu uma maneira diferente de fazer lasanha, tive que a fazer, logo no fim-de-semana. Aqui fica a receita. É trabalhosa mas muito boa.

Lasanha de Vegetais

Ingredientes

Pimento Assado
3 ou 4 pimentos vermelhos cortados aos quartos
azeite
tomilho
sal e pimenta

Molho Béchamel de Queijo
1 colher de sopa de manteiga sem sal
1 colher de sopa de farinha
sal
pimenta
125 ml de leite
125g de queijo Parmigiano
50 gramas de Ricotta
1 ovo batido

Molho de Tomate assado
750 gr de tomates de rama maduros cortados aos quartos
azeite
sal
pimenta
1 cebola roxa picada
2 dentes de alho
salsa e ervas aromáticas a gosto (usei oregãos)

1 beringela, cortada em fatias finas
sal
azeite
2 courgettes cortadas em fatias finas
placas de lasanha


Aquecer o forno a 220 graus.

Dispor os pedaços de tomate num tabuleiro, adicionar azeite, sal, pimenta, ervas aromáticas e deixar assar por cerca de 1 hora/ 1 hora e meia.

Para o pimento assado, dispor os pimentos numa travessa temperar com sal, pimenta e tomilho. Adicionar azeite e colocar no forno até a pele começar a sair (cerca de 20-30 minutos). Quando estiverem prontos colocar numa taça e tapar com película aderente. Reservar por 5 minutos. Retirar a pele, cortar longitudinalmente  e reservar.

Para o molho de bechamel e queijo, derreter a manteiga em lume médio. Acrescentar a farinha e mexer por um 1 minuto. Adicionar sal e pimenta e o leite gradualmente com ajuda do batedor de varas. Retirar do lume e acrescentar o queijo Parmeggiano e a Ricotta. Mexer bem. Bater um ovo e juntar ao molho. Provar e corrigir os temperos se desejar. Tapar e reservar.

Colocar a beringela num tabuleiro com sal e levar 5 minutos ao forno. Retirar do forno e fritar até ficarem douradas, não é necessário fritar durante muito tempo. Fritar a courgette fatiada de igual modo.

Levar a ferver água e cozinhar as placas de lasanha. Quando retirar passar por água fria e cortar as placas se necessário para adaptar à travessa ou recipiente que escolher para levar ao forno. Eu usei um semelhante a este .

Colocar  papel vegetal para que saia um pouco dos lados do recipiente (uns 5 cm) adicionar um fio de azeite. Para começar a montar, começamos pela beringela (ao virarmos e retirarmos vai ser a fatia que fica no topo) colocamos a beringela e uma placa de lasanha. Adicionamos o molho, depois pimento, courgette, a seguir massa, depois molho, beringela, massa. A seguir novamente pimento, courgette, até termos a altura e camadas desejadas. Finalizar com molho e massa. Colocar papel de alumínio para tapar e levar ao forno por cerca de 20 minutos a 180 graus. Depois dos 20 minutos se achar que não está dourada, deixar mais 5 minutos sem o papel de alumínio.

Para o molho de tomate, pique a cebola e refogue em azeite, com alho (acrescente depois da cebola começar a cozinhar) em lume médio. Corte os tomates em pedaços mais pequenos e acrescente à cebola quando esta estiver translúcida. Tempere com sal e pimenta. Deixe cozinhar e quando estiver com a consistência de um molho (mais ou menos 15 minutos) regue com um pouco de azeite e reserve.

Retire a lasanha so forno e com a ajuda de um prato desenforme, vire ao contrário, retire o recipiente e tire o papel vegetal. Sirva com o molho de tomate por cima.

Pode acompanhar com rúcula ou simplesmente assim. Bom apetite!




kiss

M.